quarta-feira, 23 de setembro de 2009

CAPITÃO GRALHA - 1940 - Editora Grafica Eclipse - Brasil


NOTA:
Mentemos o post abaixo, apenas para registrar como um mito criado pela mídia, influenciou toda uma gama de pessoas nos seus mais diversos sentimentos, desde asseverá que o personagem realmente foi uma criação "real", por um autor "real", o que na verdade provocou uma onda na web como se verdade fosse. Isto é, a ficção se tornando real! Fantástico!
Tanto o personagem e o autor, de fato, nunca existiram! Tudo não passou de um pressuposto, um prefácio, uma idéia coadjuvante do personagem contemporâneo denominado O GRALHA. Isso foi viral! Transformou-se numa verdade inconteste! Eu mesmo o publiquei aqui (matéria abaixo) como se de fato fosse, embora extendido meus contatos, nunca recebí uma confirmação que não fosse também o que a Metal Pesado publicara no texto de Gian Danton.
Bem, o mito da esfinge foi decifrado, Capitão Gralha nunca exisiu em 1940 e nem tampouco se autor Francisco Iwerten ( que até recebeu prêmios- Mestre do Quadrinho Nacional pela turma do Prêmio Angelo Agostini, pós morte..ahahah!!!).

2 comentários:

Anônimo disse...

mentira! este personagem naverdade nunca existiu assim como o autor! digo isso porque conheci a equipe que criou (o gralha!) então eles me contaram tudo e ate mostraram os desenhos desse suposto heroi!
como foi "o plano"
eles enventaram ate desenharam umas imagens falsas para tentar vender o personagem, cosenguiram! mas tempos depois a equipe de desenhista se desentenderam e o grupo se desfez!
então! vocês nunca jamias irão achar esses "3 exemplares" porque nunca foram publicados!
revelo isso hoje porque não vejo mais motivos para quardar segredo! pois como disse os criadores do gralha brigaram!

Sarvel ComicS disse...

Poxa. Ta ai nosso Brasil é cheios de heróis fantásticos e nao tem nem uma editora boa que ajude isto a crescer e nem valorize o trabalho de grandes mestres a arte de desenha.